SENSEI

Fernando Belatto e a criação do O-DGI

Fernando Belatto começou a se interessar por artes marciais desde criança, quando vibrava assistindo aos filmes de Bruce Lee e Van Damme. Chamava sua atenção não só as cenas de ação, mas também a postura de seus protagonistas. Centrados, meditativos, buscando silenciar a mente e recebendo instruções internas para resolver seus desafios na prática.

A vida deu voltas e, ao longo de sua trajetória, Belatto acabou se dedicando mais às competições. Até que, aos 23 anos, decidiu abandonar os tatames e começou a trabalhar na área de publicidade.

Mesmo assim, não se sentia completo. Faltava algo que preenchesse o vazio que ele não sabia de onde vinha nem o que era.

Foi somente quando Fernando encontrou seu mestre espiritual, Sri Prem Baba, que ficou claro o que estava faltando. Foi Prem Baba que o inspirou a voltar para as artes marciais com uma nova percepção. Belatto começou a meditar e viu que essa prática trouxe respostas para as suas dúvidas e inquietações. Em seguida, voltou a treinar e recebeu a faixa preta de seus mestres de Jiu-jítsu.

Levou seu maior prêmio, sua faixa preta para as mãos de Prem Baba. Pouco tempo depois nascia O-DGI (O Despertar do Guerreiro Interno), honrando a integração dos três princípios: corpo, mente e espírito.